2ª Temporada, CW, Episódios, Rob Thomas, Série, Spoilers

Spoilers: Um Blaine diferente, um novo vilão e mais da 2ª Temporada!

posts049

Aviso: A seguir contém spoilers do final de temporada de iZombie.

Confira abaixo o produtor executivo Rob Thomas falando sobre o novo vilão da 2ª Temporada, da parceria de Liv e Blaine, “estranhos companheiros”, nova visão sobre o Major e muito mais.

TVLine: Não há um, mas pelo menos três grandes cliffhangers na season finale. Isso foi sempre o plano, mesmo antes da série ser renovada?

Sim. Na verdade, tem sido o plano por um longo tempo. Quando oferecemos ao Robert Buckley o papel de Major, ele me chamou e disse: “Escute, eu só quero ter certeza que eu não serei apenas o ex-interesse amoroso de Liv, que eu vou ter algo para fazer”, e eu disse: “Ele vai acabar como um Taxi Driver. Você vai para a sede zumbi e você terá passado por uma jornada horrível. Você chegará a este momento onde você começa a acabar com todos esses inimigos”. Então nós estávamos construindo isso há muito tempo.

E, provavelmente, em torno de midseason, tivemos algumas idéias sobre como queríamos redefinir para a 2ª temporada. Nós anunciamos o grande enredo da 2ª Temporada bem ali no final. Vaughan, a cabeça da Max Rager, diz: “Nós vamos tirar todos os zumbis“. Portanto, isso vai ser uma grande parte da 2ª temporada e ele vai fazer Liv e Blaine estranhos companheiros. Uma das melhores coisas da 1ª temporada foi a química daqueles dois atores na tela juntos, mas parte da temporada foi Liv a procura de Blaine. Nós não poderíamos coloca-los na tela sempre. Na próxima temporada, você vai ver muito mais deles juntos, ao mesmo tempo, com um inimigo comum.

É seguro dizer que Blaine como um ser humano, mesmo sem sua força e raiva zumbi, ainda não é uma pessoa agradável e uma perigosa ameaça para Liv e Major?

Sim. Mas nós não vamos fazer ele fofinho no próximo ano. Se você conversou comigo há alguns anos atrás, eu teria pensado: “Bem, depois dele passar a primeira temporada assassinando adolescentes sem-teto, poderíamos acreditar em alguma coisa vindo dele?”. Então é apenas você assistir Game of Thrones. De alguma forma, Jaime Lannister se tornou um personagem simpático, embora ele já empurrou um jovem rapaz da uma janela no primeiro episódio. Mas para o futuro imediato, Blaine continua mal.

Será que ele vai manter o seu negócio como um ser humano?

Isso será parte da diversão da 2ª Temporada. Ele vai precisar enganar seus clientes. Na próxima temporada, ele pode estar se passando como zumbi, a fim de manter o negócio, o que eu acho que será muito divertido.

Então, ao invés de bronzeamento, ele vai estar colocando em pó.

É engraçado você dizer isso, porque já temos uma cena inicial dos nossos escritores em que vamos vê-lo passar pó, a fim de aparecer como um zumbi cheio de sangue.

O pessoal do Max Rager quer acabar com todos os zumbis. Será que Suzuki (o chefe de polícia) está saindo fora e apontando o dedo para Blaine?

Nós vamos fazer uma refeição daquele momento. Mas essa parte vai ser a história de Clive na 2ª Temporada. Suzuki está indo ganhar crédito por ser o herói do Meat Cute e a polícia está indo cuidando muito cuidadosamente e rapidamente deste caso, mas Clive não está acreditando na história. Ele vai estar procurando por Blaine e acreditando que o Major tem uma conexão com isso. Portanto, isso vai ser grande baleia branca do Clive na 2ª Temporada – tentando resolver esse caso.

Se o irmão de Liv morre, isso vai desfazer todo o progresso emocional que ela fez?

Sim, isso provavelmente seria mandá-la de volta para um vale muito profundo.

Major agora sabe toda a verdade. O que isso permitirá que você faça o que não podia antes com Major e seu relacionamento com Liv?

Agora que ambos sabem, e o Major sabe o que ele estaria se metendo, estamos brincando com isso, eles poderiam tentar um relacionamento romântico no qual não há fluidos corporais foram trocadas? É uma espécie de uma grande questão existencial, você poderia ter um parceiro romântico com as quais os limites sexuais eram muito, muito rigorosos? Como teria que ser? Podemos explorar isso.

Agora eu acho que a CW deveria ter colocado a série com Jane a Virgem e feito uma noite de abstinência.

[Risos] Isso seria engraçado.

Qual será a mudança do Major na 2ª temporada?

Ele já matou um monte de gente. Ele mudou. Nós queria pintá-lo como um bom um cara que você queria conhecer sempre, como o cara perfeito. Adorável, doce, encantamento e engraçado. Eu acho que isso o afetou. Ele está menos inocente e ele provavelmente tem uma visão mais obscura do mundo. Na 2ª temporada, ele está se recuperando.

A seleção de músicas de “Der Kommissar” foi tão perfeito. Como vocês escolheram?

Ele só veio a mim. Eu não acho que eu tinha escrito no roteiro, mas ocorreu-me bem cedo. Provavelmente era a terceira ou quarta música que eu tentei lá e só me senti muito bem.

Robert Buckley disse-me que havia uma outra canção em algum ponto. Qual era a outra opção?

Foi “When Doves Cry”. Isso era o que eu tinha em mente, mas não deu certo porque, a) Prince é muito caro, b) ele não quer que sua música associada à violência. Então nós estávamos fora de sorte em algumas contas lá.

1ª Temporada, 1x13, Rob Thomas, Série, Spoilers

Spoilers: Muita ação na season finale, no estilo The Walking Dead!

posts044

Uma pergunta sobre iZombie foi respondida na coluna de spoilers da E! Online, confira:

O que você pode me dizer sobre o final da temporada de iZombie?

Prepare-se para alguma ação insana. Enquanto a série vive na maioria das vezes em cenas mais calmas, invés de grandes cenas de luta, há uma sequência no final de temporada de hoje à noite que é tão épica, que você realmente esquecer o que você está assistindo. É este The Walking Dead?! O produtor executivo Rob Thomas revelou que eles tiveram que gravar por dois dias extras para ter essas cenas na maneira certa e todo esse trabalho duro claramente valeu a pena!

© Tradução: Matheus Ferreira – Equipe iZombie Brasil – Não reproduza sem os créditos.

 

1ª Temporada, Entrevistas, Rob Thomas, Série

14 coisas que você deveria saber sobre a peculiar série de Rob Thomas, iZombie!

094

Baseado na história em quadrinhos de mesmo nome, a série deliciosamente divertida da CW, iZombie, segue Olivia Moore, ou apenas Liv (Rose McIver), enquanto ela navega sua “vida” como uma zumbi recém-transformada, que também passa a ter visões do ponto de vista da pessoa cujo cérebro que ela consome.Mantendo sua nova vida em segredo de amigos e familiares, ela decide se passar como psíquica, a fim de usar sua nova habilidade para ajudar a investigar e solucionar crimes.

Os atores Rose McIver (“Liv Moore”), David Anders(“Blaine DeBeers”), Malcolm Goodwin (“Detetive Clive Babineaux”) e Robert Buckley (“Major Lilywhite”) se juntaram aos produtores Rob Thomas e Diane Ruggiero-Wright para promover a série no WonderCon e falar várias coisas sobre a série. Nós juntamos as 15 coisas que você deve saber sobre iZombie.

1. iZombie é inspirada nas histórias em quadrinhos, mas não é uma adaptação exata. Eles levaram o que iria trabalhar para a televisão, em uma base semanal, e desenvolveu a série assim.

2. Quando perguntado sobre quantos zumbis há exatamente, o produtor executivo Rob Thomas disse: “Você não vai descobrir quantos zumbis estão lá fora nesta temporada.Você saberá que há mais. Você vai conhecer mais zumbis”.

3. De acordo com Rob Thomas e Diane Ruggiero, nós vamos chegar um pouco mais perto de compreender o que aconteceu no lago. Também vamos seguir um rumo quando Ravi desenvolver uma cura. Vamos saber mais sobre os negócios de Blaine e como ele está conectado às pessoas que Major trabalha. E tudo está construindo em direção a um confronto, até o final da temporada.

4. Rob Thomas disse: “Ao longo da temporada, os episódios tornam-se menos “caso da semana” e são mais focados na mitologia zumbi. Nós não vamos jogar fora o caso da semana, mas há uma mudança para o mundo zumbi.”

5. Quando perguntado sobre se eles já planejaram a 2ª Temporada, Thomas disse: “Há um planejamento inicial para a 2ª Temporada”. Quando nós terminamos nosso episódio final, na verdade, tivemos que olhar para ele como um inicio para desembarcar para a 2ª Temporada. Tivemos que entender que a 2ª temporada seria semelhante, antes que pudéssemos escrever o final. Eu não sei muito sobre a 2ª Temporada, mas provavelmente será tão exigente como o processo do piloto, mas sabemos mais ou menos. As duas ou três primeiras semanas na sala dos roteiristas são gastos falando sobre as grandes figuras da temporada.

6. Por causa que a gelatina de cérebros é tão nojento, Rose McIver disse que eles têm um balde para cuspir por perto quando ela tem que comer.

7. Quando é perguntada quais habilidades ou traços ela ainda gosta de explorar, McIver disse: “Eu gostaria bastante de ser um mago e aprender alguns desses truques. Eles são tão secretos. Seria ótimo conseguir os seus traços. E eu gosto do carisma de tudo. Acho que Liv teria muita diversão com isso”.

8. Sobre o papel de Blaine, David Anders disse: “Demorou um ato de fé para eu assinar, mas eu estou feliz que eu assinei porque há muitas coisas boas que estamos fazendo”. Ele também queria ser uma parte da série para trabalhar com Rob Thomas.

9. Robert Buckley disse que ele foi cauteloso sobre o seu papel, porque ele não quer ser apenas o cara que aparece para uma ou duas cenas de um episódio como o cara apaixonado por Liv. Mas depois de conversar com Rob Thomas, ele estava seguro de que o Major teria sua própria vida, separado de Liv.

10. Anders disse que leu os quadrinhos que a série se baseia, mas o seu personagem não aparece neles. Em vez disso, ele foi informado que Blaine era suposto para ser um James Spader em Pretty in Pink.

11. Malcolm Goodwin foi informada de que seu personagem, o detetive Clive Babineaux, devia ter uma vibe de Cleavon Little. Ele também assistiu á vários episódios de 48 Hours para ter uma ideia para o papel.

12. Em relação ao que está chegando para Blaine, Anders disse: “Há um pouco de amor no ar. Como você sabe agora, eu sou um revendedor cérebros, assim que você conhecer mais da minha operação, você vai conhecer um pouco do meu exército de zumbis. Basta esperar mais”.

13. McIver revelou que no episódio 12, Liv come dois cérebros e algumas coisas muito divertidas acontecem como resultado.

14. Em relação ao final de temporada, Buckley disse: “Tivemos que acrescentar mais um dia porque havia tantas coisas para o episódio. De todos as séries que eu já trabalhei, este é o melhor final de temporada que eu já estive. Não falo de boca para fora, mas realmente foi. Ele termina forte“.

© Tradução: Matheus Ferreira – Equipe iZombie Brasil – Não reproduza sem os créditos.

1ª Temporada, Entrevistas, Episódios, Rob Thomas, Série

O que podemos esperar da estréia de ‘iZombie’?

055

Rob Thomas, criador de Veronica Mars e co-criador de Party Down, retorna à TV hoje com iZombie. Inspirado nos quadrinhos da DC Comics/Vertigo com o mesmo nome, a estrela da série, Rose McIver (Once Upon a Time, Masters of Sex) é Liv, que foi transformado em uma zumbi, mas que ainda tem o juízo sobre ela, desde que ela continue comendo cérebros humanos. Mas ela descobre que ao comer esses cérebros, herda temporariamente o conhecimento e as habilidades da pessoa que ela consumiu o cérebro.

 

Conversei com Rob Thomas para conversar sobre iZombie, incluindo o visual inspirado nos quadrinhos e sua reação aos fãs de outra série de zumbi.

 

IGN: Quais foram suas primeiras conversas sobre como iZombie?

 

Thomas: Susan Rovner, a chefe de desenvolvimento da Warner Brothers, veio-me com as HQs de iZombie. Ao contrário das minhas séries, que são coisas que eu passo e projetos que são paixões minhas, esta foi a Susan Rovner me trazendo esta história em quadrinhos e dizendo: “Você precisa fazer isso”. E na época eu estava editando o filme Veronica Mars e eu tinha acabado de vender dois scripts de piloto. Eu não tinha tempo e eu continuei tentando dizer que não e ela realmente não aceitaria um não como resposta. “Você não tem sequer a lê-lo. Olhe para a capa deste livro em quadrinhos. Esta menina é a próximo grande liderança feminina na CW. Ela é Buffy e Veronica. Você deve estar escrevendo isso”. Foi realmente a sua paixão por ele que me fez levar a sério e ler os quadrinhos e eu perguntei se eu poderia fazê-lo com Diane, a ideia de ter uma grande liderança feminina na CW é realmente atraente para mim. Ela é a amante de zumbis e outras coisas do gênero. Ela estava atraída por isso. Eu gostava do quanto de pessoas que amavam ele. E então, na história em quadrinhos, têm fantasmas, lobisomens e um monte de monstros diferentes, isso se tornou menos interessante para mim. True Blood tinha feito esse tipo de coisa. Há outra série de com vários monstros. Eu queria ter apenas zumbis. Mas nós gostamos tanto da ideia do livro em quadrinhos, que foi que ela comeu o cérebro e herdou as suas memórias. Colocando-a em um necrotério nos deu uma história que nos permitiu fazer mistérios de assassinato a cada semana. Nós conversamos muito sobre Pushing Daisies. Eu acho que pode ser a série que temos mais semelhanças.

 

IGN: Quando você têm uma ótima protagonista é um grande negócio. O que Rose teve, que convenceu você a escolher ela?

 

Thomas: Eu já mencionei isso uma ou duas vezes, mas quando produzimos Veronica Mars, eu vi uma centena de atrizes e Kristen Bell foi a primeiro na porta e eu sabia que era ela. Temos que levar cinco atrizes para estúdio e três ao canal, mas eu sabia qual era a pessoa certa. Com iZombie, Rose foi a centésima. Ela foi, literalmente, a último e eu estava pirando porque não a tinha ainda. Eu estava prestes a sair para a estréia de Veronica Mars e estávamos a uma semana sem a protagonista da série. Estavamos tão ferrado e, em seguida, ela entrou pela porta. Eu acho que é o charme. Você já pode imaginar que querem vê-la por cinco anos? Ela tem um tipo de charme e carisma. Sabíamos que precisaríamos de alguém que poderia fazer comédia, mas no final do dia, todos nós nos queríamos a Rose no papel principal. Ela fez um dos maiores testes que eu já vi. Foi um teste incrível.

 

IGN: Você tem uma sabe fazer uma grande estrutura para os casos da semana, podemos dizer assim. Mas como será o mistério principal em torno dessa temporada? Que tipo de equilíbrio que você está procurando?

 

Thomas: Eu acho que houve uma espécie de evolução ao longo da temporada. Não havia nenhuma regra escrita. Eu diria que os primeiros episódios deu mais atenção a esses mistérios da semana e ao longo da temporada, aprofundamos na mitologia e começamos a encontrar casos que faziam parte da mitologia. Os casos de assassinatos são bons, não é bom o assunto assassinatos (risos), mas há uma maneira engraçada de colocá-lo! Eu acho que, esperamos, que vamos ter fãs da série e tenho a sensação de que eles vão se sentir atraídos para essas coisas de zumbi. Eles vão querer solucionar mais rápido do que a investigação dos cadáveres no necrotério. É um grande instrumento, embora que também temos: “esta semana, Liv sabe Kung Fu. Na próxima semana, ela é uma líder de torcida”. Apresentamos um monte de diversão com isso, mais tarde na temporada iremos ter mais mitologia, mas, se tivesse 60% para o caso da semana nos primeiros episódios, a temporada terminou com 60% para casos sobre a mitologia zumbi.

 

IGN: O título iZombie pode ser interessante, como eu tenho certeza que você está ciente, algumas pessoas pensaram: “Ah, isso soa tão estúpido”. Você abraçar esse desafio?

 

Thomas: Sim. Se você já viu, a gente até vai se divertir com ele. Estamos muito conscientes da questão que estamos no fim da fama dos fenômenos de zumbis. Mas acho que é uma nova maneira de contar uma história sobre eles. Eu odiaria se nós estivéssemos tentando fazer uma série de apocalipse zumbi com um monte de pancadaria. Eu não acho que nós vamos estar competindo. Eu acho que não há a chance que algumas pessoas desejarem a violência. Isso não é ruim para mim, mas nunca poderemos sair andando mortos como The Walking Dead. Temos que ser algo diferente nesta série.

 

 

iZombie estréia hoje na CW.

© Tradução: Matheus Ferreira – Equipe iZombie Brasil – Não reproduza sem os créditos.